Reino Unido

Pai de Meghan Markle acusa filha e Harry de "destruir" a família real

Pai de Meghan Markle acusa filha e Harry de "destruir" a família real

Thomas Markle acusou a filha e Harry de desvalorizar a família real britânica e de desperdiçar o "sonho de todas as raparigas". Meghan Markle e o pai estão de costas voltadas desde o casamento da atriz. A relação de ambos ficou ainda mais degradada após o pai ter divulgado a carta que a filha lhe enviou.

Em entrevista ao canal de televisão britânico "Channel 5", transmitida este domingo, o pai da duquesa de Sussex não se poupou em comentários ao afastamento da filha e de Harry da família real britânica. Além de acusar Meghan Markle de "desvalorizar" a Rainha e demais membros reais, Thomas Markle diz que a atriz desperdiçou o "sonho de todas as raparigas" em se tornarem princesas na vida real.

"Todas as jovens raparigas querem tornar-se uma princesa e ela teve isso e agora está a desperdiçar tudo, parece que está a desperdiçar tudo por dinheiro", disse em entrevista. A relação de pai e filha não tem sido a melhor ao longo dos últimos anos, mas terá piorado desde que Meghan Markle casou com o príncipe Harry em maio de 2018.

Thomas Markle vem acrescentar mais achas para a fogueira, depois de ter divulgado ao "Daily Mail" uma carta privada da filha. O norte-americano diz que o casal assumiu um compromisso em fazer parte da família real e que agora falhou redondamente com a instituição. "Eles estão a destruir, a desvalorizá-la, a empobrecê-la...Estão a torná-la numa Walmart com uma coroa. É algo ridículo, não deveriam fazê-lo".

O jornal britânico, que divulgou a carta de Meghan Markle para o pai, enfrenta uma ação judicial interposta pelos duques de Sussex após o conteúdo da mensagem ter corrido os quatro cantos do mundo. Em sequência desta reação do casal, Thomas Markle não acredita que voltará a falar com a filha. "Eu acho que ambos estão a tornar-se umas almas perdidas", disse na entrevista ao "Channel 5".

A entrevista do pai de Meghan deste domingo faz parte de um documentário que será exibido ao longo das próximas semanas, segundo a Reuters.

A 8 de janeiro deste ano, Meghan Markle e Harry anunciaram que iriam deixar as funções como "membros seniores" da família real, tornar-se financeiramente independentes e repartir o tempo entre o Canadá e o Reino Unido.

Há algum tempo que se suspeitava que o casal tomasse esta decisão, já que tinham mostrado desagrado com a pressão dos meios de comunicação britânicos num documentário do canal britânico ITV.

Este sábado, o Palácio de Buckingham emitiu um comunicado da Rainha Isabel II que confirmou e deu aval à vontade do neto e de Meghan Markle. A partir da primavera, o casal deixará de poder usar os títulos reais, de receber fundos públicos, pagar os custos da residência de Frogmore Cottage e devolver cerca de três milhões de euros aos contribuintes britânicos.

Outras Notícias