Media

Sites da Impresa voltam em formato provisório após ataque informático

Sites da Impresa voltam em formato provisório após ataque informático

Os sites do Grupo Imprensa voltaram, esta terça-feira, a ficar ativos com o mesmo endereço, mas em formato provisório, mais de dois dias depois de terem sido alvo de um ataque informático de um grupo de "hackers".

Num comunicado publicado da página provisória do "Expresso", a direção do semanário garante que fará tudo para não deixar ficar mal os seus leitores.

"Fazemos isto porque hoje, como desde o dia em que nasceu, o Expresso nunca desistirá de lutar pelo Estado de Direito, pela Democracia, pela liberdade. Pela #liberdadeparainformar, o nosso lema nestes dias", adianta.

Dando as boas-vindas aos leitores, a direção do "Expresso" explica que os sites temporários permitirão levar aos leitores as notícias que têm sido publicadas, nos últimos dias, nas redes sociais do jornal.

"Como sabem nós, Expresso e SIC, estamos a ser alvo de um ataque informático, o que tem dificultado seriamente a missão: informar os leitores e espetadores", lembra, indicando que está a "colaborar com as autoridades e a desenvolver as ações necessárias no sentido de resolver a situação tão rápido quanto possível".

Além de pedir desculpas aos assinantes, o "Expresso" agradeceu também o apoio de todos, incluindo os outros órgãos de comunicação social que se mostraram solidários com o sucedido, como foi o caso do Global Media Group (GMG), detentor do "Jornal de Notícias".

No passado domingo, 2 de janeiro, os sites do grupo Impresa ficaram inacessíveis, na sequência de um ataque informático.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG