Futsal

Sporting goleia Modicus e assegura vaga na final da Taça da Liga

Sporting goleia Modicus e assegura vaga na final da Taça da Liga

O Sporting garantiu, este sábado, o apuramento para a final da Taça da Liga, ao golear o Modicus, por 5-0, numa partida dominada pelos campeões europeus, que conseguiram ferir os gaienses nos momentos certos.

No terceiro dia da final a 8, no Centro de Congressos e Desportos de Matosinhos, João Matos (10 minutos), Diego Cavinato (14 e 19), Cardinal (28) e Alex Merlim (28) anotaram os golos dos leões, segundos classificados do campeonato, enquanto os nortenhos, nonos colocados, perderam pela quarta vez nas meias-finais em cinco presenças na terceira prova mais importante do futsal português.

Na final, agendada para domingo, às 19.45 horas, Sporting vai medir forças com o vencedor do embate entre Eléctrico e Benfica, que entram em campo às 21 horas deste sábado, em busca de um troféu que escapou nas últimas duas épocas, após os triunfos em 2015/16 e 2016/17.

Introduzindo Diego Cavinato e Erick no cinco face à goleada imposta ao Sporting de Braga nos quartos (5-1), os lisboetas assinaram uma etapa inaugural imaculada e construíram algumas oportunidades por Alex Merlim, Taynan, Cavinato e Cardinal, que justificaram a vantagem alcançada aos 10 minutos, num desvio do fixo João Matos.

Mantendo as escolhas iniciais utilizadas na vitória sobre o Futsal Azeméis (4-3), o Modicus foi obrigado a correr atrás do prejuízo, embora com pouca liberdade em zonas de criação, sofrendo novo revés aos 14, através do 'míssil' ao ala ítalo-brasileiro Diego Cavinato.

Mediante a aproximação da quinta falta, os leões moderaram a intensidade até ao intervalo, mas concederam um livre direto aos nortenhos, que Joel Queirós dirigiu ao poste aos 18 minutos, antes de Fábio Lima desperdiçar uma jogada individual de Tiaguinho.

Em cima da buzina, Pany Varela isolou-se e perdeu o duelo com o guarda-redes Rui Pedro, um dos elementos mais inconformados do conjunto de Sandim, tendo Diego Cavinato aproveitado a recarga para acentuar a desigualdade na saída para os balneários.

A emoção decresceu a pique no reatamento e o Modicus nunca soube encontrar antídoto para reentrar na discussão do resultado, ao passo que o Sporting foi descansando com bola e chegou à mão cheia aos 28 minutos, num canto finalizado pelo pivot Cardinal e numa transição conduzida pelo ala ítalo-brasileiro Alex Merlim.

Na última dezena de minutos, os gaienses retomaram o guarda-redes avançado, estratégia à qual tinha recorrido no primeiro tempo, mas o metro quadrado na metade contrária estava caro e faltou alguma clarividência na hora de procurar o tento de honra.

Ficha de jogo:

Jogo no Centro de Desportos e Congressos de Matosinhos, em Matosinhos.

Sporting - Modicus, 5-0.

Ao intervalo: 3-0.

Marcadores:

1-0, João Matos, 10 minutos; 2-0, Diego Cavinato, 14; 3-0, Diego Cavinato, 19; 4-0, Cardinal, 28; 5-0, Alex Merlim, 28.

Equipas:

Sporting: Guitta, Cardinal, Erick Mendonça, Diego Cavinato e Alex Merlim. Jogaram ainda, Gonçalo Portugal, Leo Jaraguá, Taynan Silva, Tomás Paçó, Pauleta, João Matos, Deo, Bernardo Paçó e Pany Varela.

Treinador: Nuno Dias.

Modicus: Rui Pedro, Uesler, Fábio Lima, Óscar Santos e Willian Carioca. Jogaram ainda, Denisson, Rafa, Cigano, Quaresma, Tiaguinho e Joel Queirós.

Treinador: Ricardo Ferreira.

Árbitros: Miguel Castilho e António Almeida.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Cardinal (9), Willian Carioca (14) e Tiago Fernandes (36).

Outras Notícias