O Jogo ao Vivo

Exclusivo

Algarve quer contratar cinco mil estrangeiros para salvar hotelaria

Algarve quer contratar cinco mil estrangeiros para salvar hotelaria

Estratégia nacional arranca no fim do verão para recrutar mão de obra noutros países. Construção, agricultura e turismo participam em missões para simplificar a imigração.

Portugal precisa de centenas de milhares de trabalhadores, especialmente nos setores do turismo, da agricultura e da construção, e está a contar recrutá-los na Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), bem como em Marrocos. A primeira feira de recrutamento está prevista para outubro, em Cabo Verde. O Turismo do Algarve já esteve, neste mês, naquele país do Atlântico, onde quer angariar cinco mil trabalhadores para cobrir as necessidades mais urgentes do setor.

O Governo aprovou um novo regime jurídico para entrada, permanência, saída e afastamento de estrangeiros do território nacional, com vista a "simplificar, entre outros aspetos, a emissão de vistos para estes cidadãos". Segundo fonte do Ministério do Trabalho e Segurança Social, "está prevista a realização da primeira Feira de Empregabilidade em Cabo Verde, em outubro", na qual as empresas podem inscrever-se.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG