Exclusivo

Ofertas de emprego sem procura atingem máximo de quatro anos

Ofertas de emprego sem procura atingem máximo de quatro anos

Há 23 236 vagas de emprego que ninguém quer, o número mais alto desde 2017. Norte e Lisboa precisam de gente para a construção.

Há cada vez mais ofertas de trabalho que se acumulam nos registos do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) por falta de candidatos. Em julho, havia 23 236 empregos disponíveis que ninguém quer e cerca de metade destes dizem respeito a apenas três setores: atividades imobiliárias e administrativas, alojamento e restauração, e construção.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG