Imagens

Últimas

Julgamento

PJM ponderou usar outro processo para fazer escutas em Tancos, diz militar

O investigador-chefe que liderou, inicialmente, o inquérito da Polícia Judiciária Militar (PJM) ao assalto aos paióis de Tancos afirmou esta segunda-feira, em tribunal, que alguns elementos daquela instituição equacionaram usar outro processo para contornar a PJ civil e convencer o Ministério Público (MP) a promover a realização de interceções telefónicas na sequência do furto, em 2017.