Pandemia

China envia ajuda médica urgente para combate ao coronavírus em Espanha

China envia ajuda médica urgente para combate ao coronavírus em Espanha

A China, país que desencadeou a pandemia do covid-19 que se propaga pelo mundo, anunciou este domingo o envio de ajuda médica urgente para Espanha. A promessa foi feita pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Wang Yi, à sua homóloga espanhola, Arancha González Laya.

De acordo com a agência de notícias estatal chinesa Xinhua, para dar resposta à escassez de suprimentos médicos, "Pequim vai fornecer um lote de assistência e abrirá canais comerciais para Espanha importar os equipamentos de proteção individual necessários", assim como material de saúde.

Wang Yi demonstrou compaixão pelo povo espanhol, propondo a realização de videoconferências entre profissionais de saúde dos dois países, de forma a partilhar a experiência da China na superação do vírus. Também incentivou "cidades irmãs" e "empresas com interesses" a apoiar Espanha, levantando a possibilidade de "enviar grupos de médicos especialistas" no momento certo, como sucedeu em Itália nos últimos dias.

O ministro acredita que a cooperação entre os países será reforçada em várias áreas, considerando que "mantêm uma amizade de longo prazo e os dois lados sempre se entenderam", essencialmente no "valioso apoio" prestado pelo país espanhol à China no combate à doença.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG