Exclusivo

Mãe desespera ao ver bebé morrer após bombardeamento

Mãe desespera ao ver bebé morrer após bombardeamento

Kyrill tinha 18 meses. Morreu na sexta-feira com estilhaços de uma bomba russa que caiu perto de sua casa em Mariupol, no sul da Ucrânia. Os últimos momentos da sua curta vida foram registados por um fotógrafo da AP. Quatro imagens difíceis de ver. Quatro imagens que nos despedaçam por dentro.

Marina Yatsko irrompe desesperada pelo hospital de Mariopol adentro atrás de Fedor, seu namorado. Ele carrega nos braços o filho dela, Kyrill. Vai enrolado num cobertor azul bebé, manchado de sangue vermelho escuro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG