Covid-19

Certificado ou teste obrigatórios também nos centros comerciais

Certificado ou teste obrigatórios também nos centros comerciais

Acesso às zonas de consumo de comidas e bebidas dos shoppings dos concelhos de risco mais elevado está limitado desde as 15.30 horas deste sábado.

A permanência ou consumo de alimentos de bebidas nas praças de alimentação dos centros comerciais situados nos 60 concelhos de risco elevado ou muito elevado estão sujeitos às mesmas regras anunciadas nos últimos dias para os restaurantes.

De acordo com a Resolução do Conselho de Ministros publicada esta sexta-feira à noite, o acesso às referidas zonas será limitado a quem for portador do certificado digital covid-19 válido e a quem apresentar um teste negativo para o vírus. São válidos os autotestes que passarão a estar à venda em supermercados, mas terão de ser realizados em frente a quem estiver a controlar as entradas.

Os maiores centros comerciais de Lisboa e Porto explicaram aos clientes as novas regras, quer nas redes sociais, quer por email.

"Informamos que o consumo de refeições nos nossos restaurantes e praça de alimentação, por clientes maiores de 12 anos, passa a ser permitido apenas a portadores de Certificado Digital COVID ou de teste negativo à COVID. Estas medidas estarão em vigor a partir das 15h30 de 10 de julho, aos fins de semana, feriados e sextas-feiras a partir das 19h", publicou o Centro Comercial Colombo no Facebook.

PUB

Os centros comerciais da Sonae Sierra enviaram um email aos clientes dos principais shoppings da Área Metropolitana do Porto, como o NorteShopping ou o ArrabidaShopping, entre outros: "Nos termos legais, a partir de 10 de julho, aos fins de semana e feriados todo o dia, bem como sextas-feiras a partir das 19h, o consumo de refeições no interior dos restaurantes e na Praça de Alimentação apenas é permitido a clientes portadores de Certificado Digital COVID da União Europeia ou de teste negativo à COVID (1), aplicando-se a maiores de 12 anos", comunicaram, por email e nos respetivos sites.

O certificado digital pode ser pedido online, no site SNS24, na app homónima ou nos Espaços Cidadão, para quem não dominar as tecnologias. É gratuito e é válido 14 dias após a toma de todas as doses previstas no esquema vacinal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG