Novo balanço

Mais 86 casos: há 331 infetados em Portugal

Mais 86 casos: há 331 infetados em Portugal

O número de casos de Covid-19 em Portugal subiu de 245 para 331 casos. O aumento do número de doentes, em 86, acentuou-se face ao anterior balanço: de sábado para domingo, tinha havido 76 novos casos.

De acordo com o boletim da situação epidemiológica no país, divulgado esta segunda-feira de manhã pela Direção-Geral da Saúde, o número de infeções com Covid-19 aumentou para 331, dos quais 139 estão internados, 18 em cuidados intensivos. Do total de casos confirmados, três já recuperaram. A aguardar resultado laboratorial estão ainda 374 casos suspeitos.

Dos casos confirmados (que incluem três crianças com menos de 10 anos), 47 foram importados de territórios estrangeiros - a maior parte de Espanha (16), Itália (14) e França (9). O número é o mesmo do boletim de domingo, o que significa que todos os casos novos foram provocados por contágio ocorrido dentro do país, havendo atualmente 18 cadeias de transmissão ativas.

Quanto às áreas de residência, a maior parte dos doentes infetados (142) vive na zona da Grande Lisboa, seguindo-se a região Norte com 138 casos, a zona Centro com 31, o Algarve com 13, países estrangeiros com cinco e os Açores com um caso.

Desde 1 de janeiro de 2020, as autoridades de saúde registaram 2908 casos suspeitos, dos quais 2203 não foram confirmados. Mais de 4590 contactos estão em vigilância pelas autoridades de saúde.

Depois de o primeiro-ministro ter anunciado que Portugal e Espanha iriam limitar a circulação na fronteira a mercadorias e trabalhadores transfronteiriços, Marcelo Rebelo de Sousa convocou, para quarta-feira, o Conselho de Estado, para discutir a eventual decisão de decretar o estado de emergência.

Na sexta-feira, o Governo colocou o país em estado de alerta no país, colocando os meios de Proteção Civil e as forças e serviços de segurança em prontidão, e suspendeu as atividades letivas presenciais em todas as escolas a partir de segunda-feira, impondo restrições em estabelecimentos comerciais e transportes, entre outras.

Outras Notícias