O Jogo ao Vivo

Balanço

Duas mortes e 135 casos de covid-19, o menor número desde 11 de maio

Duas mortes e 135 casos de covid-19, o menor número desde 11 de maio

Portugal registou, nas últimas 24 horas, duas mortes e 135 infetados por covid-19, o número mais baixo desde 11 de maio. No total, há 1691 óbitos e 48.771 casos, dos quais 13.533 ativos. Mais 178 pessoas recuperaram.

Segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde, morreram em Portugal duas pessoas desde domingo, dia em que o balanço tinha dado conta de cinco óbitos, todos na região de Lisboa, elevando para 1691 o número total de mortes por covid-19. As duas vítimas mortais - uma mulher e um homem com 80 anos ou mais - foram registadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, que totaliza 564 óbitos. A taxa de mortalidade global está agora nos 3,5%, subindo para 16% quando considerados apenas os doentes com mais de 70 anos, conforme disse, esta segunda-feira, a ministra da Saúde, na habitual conferência de imprensa.

PUB

Menos casos só em maio

Nas últimas 24 horas, foram registados mais 135 casos de infeção, registando-se agora 48.771 infetados desde março. Não se registava um número tão baixo de novos casos desde o dia 11 de maio, dia em que se contabilizaram 98 novas infeções. Marta Temido ressalvou que os números de segunda-feira, à semelhança do que tem acontecido, são mais baixos do que os do resto da semana, mas considerou-os, ainda assim, "bastantes encorajadores".

80% em Lisboa e Vale do Tejo

Dos novos contágios, 108 registaram-se em Lisboa e Vale do Tejo (que soma um total de 24.369 infetados), o que equivale a 80% do total. O concelho de Lisboa continua a somar o maior número de casos de todo o país (4240), tendo registado 151 novos casos entre 13 e 19 de julho. Mas foi Sintra que, numa semana, registou o maior número de casos em Lisboa e Vale do Tejo (257, num total de 3476).

A região Norte soma 18 novos casos, registando, no total, 18.338 infetados, o Centro tem mais quatro e o Alentejo mais cinco, não havendo a registar novos casos nem no Algarve nem nas regiões autónomas.

Há, em todo o país, 454 pessoas a receber tratamento hospitalar (mais 15 do ontem), 61 das quais em unidades de cuidados intensivos (igual a ontem). Há, por outro lado, 33.547 casos recuperados, mais 178 do que no relatório anterior.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG