O Jogo ao Vivo

Apoio nacional

Quinhentas camas de campanha preparadas para seguir para a Croácia

Quinhentas camas de campanha preparadas para seguir para a Croácia

As 500 camas de campanha que Portugal disponibilizou para a Croácia, na sequência do sismo registado na terça-feira, vão seguir ainda hoje para o país e deverão chegar até quinta-feira de manhã a Zagreb, revelou o Governo.

"Esta é uma resposta solidária que foi possível operacionalizar em menos de 12 horas, com o apoio da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, no âmbito do Mecanismo Europeu de Proteção Civil, que estamos em crer que poderá fazer uma diferença substancial nas ações de resposta aos estragos provocados pelo sismo", afirmou a secretária de Estado da Administração Interna, Patrícia Gaspar, em Carnaxide.

PUB

O pedido das autoridades croatas apontava, nesta fase, para a necessidade de meios e equipamentos, tendo Portugal decidido ajudar com 500 camas de campanha para acomodar as pessoas que estão sem casa e sem abrigo.

Elementos da Proteção Civil estão a preparar os 14 contentores de carga que vão seguir viagem, devendo a carga chegar hoje à noite ou quinta-feira de manhã a Zagreb.

Segundo o presidente da ANEPC, José Duarte da Costa, além das 500 camas, "há ainda a possibilidade de se criar equipa de comando para operações, equipas na área do desencarceramento e para busca e salvamento nos escombros", mas as autoridades croatas ainda não o solicitaram.

Portugal mantém-se em contacto com o Centro de Coordenação de Resposta a Emergências "para acompanhar o desenvolvimento das ações de avaliação em curso na área afetada e para desencadear os procedimentos de envio da ajuda logo que as autoridades croatas manifestem a sua aceitação junto do Mecanismo".

Cerca de 20 mil pessoas vão passar a noite fora de casa por receio de eventuais réplicas do violento sismo que causou pelo menos, sete mortos na Croácia, de acordo com a última informação provisória.

A localidade de Petrinja foi uma das mais atingidas pelo sismo que, segundo o instituto de geofísica americano (USGS), teve o seu epicentro a cerca de 50 quilómetros a sudeste da capital Zagreb, na região de Sisak, abalada no dia anterior por tremor de terra de menor intensidade.

De acordo com o USGS, o sismo de magnitude 6,4 foi registado às 12.19 de quarta-feira a uma profundidade de dez quilómetros.

O epicentro foi a cerca de 50 quilómetros a sudeste da capital da Croácia, Zagreb, a 2,9 quilómetros a sul-sudeste de Petrinja e a 8,7 quilómetros a sudoeste de Sisak.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG