Imagens

Últimas

Domingos de Andrade

O que travou António Costa?

Quais são os horizontes definidos pelo primeiro-ministro para avançar com uma remodelação do Governo? A questão torna-se premente a partir do momento em que as notícias sobre eventuais alterações de ministros enxameiam a Imprensa e em que o seu ministro do Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, dá uma entrevista, "ingénua", ao "Expresso" confessando vontade de sair para poder ainda ter alguns anos como professor universitário.

Domingos de Andrade

Trabalhar e teletrabalhar

Há matérias em que as linhas ideológicas são muito nítidas entre esquerda e direita, outras em que o PS se coloca mais ao centro. A legislação laboral tem sido motivo de profundas divergências entre Governo e Bloco de Esquerda e a clivagem volta a sentir-se na tentativa de reforçar a regulação do teletrabalho. Ontem, estiveram em debate dez diplomas apresentados por todos os partidos e deputados não inscritos, mas não vai ser fácil, na discussão em especialidade, aproximar pontos de vista por agora muito divergentes.

Domingos de Andrade

Os vigilantes

Rui Rio poucas vezes se desdobrou tanto a marcar a agenda mediática como agora. Com o negócio mal contado da venda das barragens da EDP aos franceses da Engie, no qual os transmontanos ficaram a perder 110 milhões de euros pelo estranho caso do não pagamento do imposto do selo, o mais antigo do sistema tributário português, e pela estranha ausência de ação do Governo e do Fisco, este sempre voraz a cobrar aos contribuintes comuns e às empresas em dificuldade. E com a eficácia e a rapidez do processo de escolha dos candidatos às eleições autárquicas deste ano.