Imagens

Últimas

Miguel Guedes

Há vida para além do vírus

Começa a chegar o momento em que a possibilidade se cruza com a probabilidade. Quando apareceram os primeiros casos, a reacção ocidental, à distância do coronavírus, foi tomada de assalto por um misto de incredulidade perante o exotismo asiático, alimentando as mais mirabolantes teorias da conspiração sobre a evolução demográfica na Ásia, o lucro das farmacêuticas ou sobre a higiene (ou falta dela), soma de caldeirada com crítica aos hábitos alimentares de outros povos distantes, aqueles que se infectam lá longe. Um caldo irrepreensível de ignorância, xenofobia e desinformação.

Miguel Guedes

A paz, segundo Marcelo

Espanta-me a facilidade com que algumas pessoas ainda se espantam. E esta perplexidade cresce com o espanto que tantos mostram pela vacuidade dos discursos oficiais de Ano Novo. Parece mesmo um milagre a entrar pelo natal da porta dos fundos mas não duvidem: a plácida expectativa de alguns relativamente às alocuções políticas de fim de ano é a prova científica e material de que ainda há seres humanos crentes. Esqueçam as igrejas. É nos sofás adventistas dos últimos dias que gente adulta espera pela reaparição da boa nova no discurso de fim de ano de Marcelo Rebelo de Sousa, simulando serem capazes de nele lerem o horóscopo político para 2020. É inquietante e mágico em simultâneo. Mas tomem boa nota: se é incompreensível em 2019, será absolutamente inaceitável repetir o espanto em 2020. Já seria santa ingenuidade.

Miguel Guedes

Uma banca de emoções

Não têm sido tempos fáceis para o sector da banca. Depois dos escândalos financeiros que levaram à nacionalização do BPN, à falência do BPP, à insolvência/recapitalização/venda do Banif, à intervenção do Estado na CGD e à resolução do BES, a comoção dos depositantes e accionistas não tem parado de crescer ao ritmo das falências, perdas, empréstimos e descapitalizações. Sistema financeiro, Banco de Portugal, regulador, comissões de inquérito, todo um novelo de especulação, falta de rigor, crime, favorecimento e compadrio.