O Jogo ao Vivo

Covid-19

DGS recomenda teste à covid-19 a atletas de artes marciais 48 horas antes das competições

DGS recomenda teste à covid-19 a atletas de artes marciais 48 horas antes das competições

Modalidades como o futebol, andebol e basquetebol, classificadas de risco médio, devem considerar realização de zaragatoa quando as competições se realizam entre equipas de zonas com transmissão comunitária ativa.

As federações e os clubes de modalidades de Artes Marciais - como o Judo ou o Karaté -, Rugby, Ginástica Acrobática, Polo Aquático, Dança Desportivo de grupos e Patinagem Artística de pares devem considerar a realização de testes laboratoriais para SARS-CoV-2 aos seus atletas até 48 horas antes de qualquer competição. Isso mesmo recomenda a Direção-Geral da Saúde (DGS) nas orientações esta manhã emitidas para a prática de desporto e competições desportivas. Consideradas modalidades de alto risco, a DGS frisa, no referido documento, que o teste à covid-19 deve ainda ser realizado de acordo com os "recursos disponíveis".

Relativamente a modalidades como o Futebol, Andebol, Basquetebol ou Hóquei em Patins, consideradas de risco médio, a autoridade de saúde liderada por Graça Freitas aconselha a realização de um teste aleatório até 48 horas antes da competição, mas apenas quando esta ocorre entre equipas de zonas com transmissão comunitária ativa.

De referir, por último, que todos os praticantes e equipas técnicas devem assinar um termo de responsabilidade, no qual assumem "o compromisso pelo cumprimento das medidas de prevenção e controlo da infeção por SARS-CoV-2, bem como o risco de contágio durante a prática desportiva, quer em contexto de treinos quer em contexto de competições". No caso de atletas menores de idade, compete ao encarregado de educação assinar aquele termo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG