Imagens

Últimas

Trabalho

Groundforce: acionista diz que aceitou exigências, mas Governo nega

A reunião dos responsáveis da Pasogal, empresa de Alfredo Casimiro que detém 50,1% da Groundforce, com o secretário de Estado adjunto e das Comunicações, Hugo Mendes, não reuniu afinal consenso. Pelo menos, as duas partes têm um entendimento diferente do que aconteceu, esta quinta-feira. Um responsável do empresário disse que este aceitou as exigências do Governo, mas o executivo responde que Alfredo Casimiro colocou novas condições.