Exclusivo

Hacker RedLive13 promete continuar a expor youtubers portugueses sem medo de represálias

Hacker RedLive13 promete continuar a expor youtubers portugueses sem medo de represálias

O hacker RedLive13, que pirateou um dos cursos de criptomoedas do youtuber Windoh, com o objetivo de expor aquilo que garante ser uma "burla", não teme ser intimidado ou alvo de represálias depois da denúncia.

Em entrevista ao JN, o streamer de 21 anos diz que o objetivo não foi desacreditar publicamente um dos mais famosos influenciadores do país (atualmente com mais de 1,74 milhões de seguidores só no YouTube), mas sim agir em nome do interesse público por existirem youtubers a enriquecerem com alegadas burlas. "Só vou parar [de expor youtubers] quando realmente for feita alguma coisa", assegura. O custo de frequentar a formação era de 400 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG