Chega

PSP abre inquérito a candidatura de polícia a junta de freguesia em Loures

PSP abre inquérito a candidatura de polícia a junta de freguesia em Loures

A PSP anunciou, esta quinta-feira, a abertura de um inquérito à candidatura de um polícia, nas eleições autárquicas de 26 de setembro, à presidência da União de Freguesias de Santa Iria da Azoia, São João da Talha e Bobadela, no concelho de Loures.

Segundo a lei, os agentes dos serviços e forças de segurança são inelegíveis para os órgãos de autarquias locais "enquanto prestarem serviço ativo". Para contornar a proibição, Pedro Magrinho, polícia e candidato pelo partido Chega, solicitou àquela instituição, a 23 de julho, que lhe fosse concedida uma licença sem remuneração por 30 dias, com início a 1 de setembro.

O pedido, confirmou esta quinta-feira a PSP, foi aceite. Só que, já neste mês de agosto, Magrinho integrou as listas eleitorais que foram entregues no Tribunal de Loures e que terão já, segundo foi divulgado esta quinta-feira pela imprensa, sido validadas.

"Atendendo a que a notícia refere que já foi apresentada, ao Tribunal de Loures, lista com o nome do polícia Pedro Magrinho, enquanto candidato a eleições autárquicas e atendendo a que o mesmo se encontra, à data de hoje [19 de agosto], ao serviço ativo (serviço efetivo), a PSP irá instaurar um inquérito para averiguar as circunstâncias acima referidas", reagiu esta quinta-feira, em comunicado, aquela força de segurança. Na nota, rejeita ainda que tenha "autorizado" a candidatura em causa.

"Relativamente ao polícia Pedro Magrinho, [...] a PSP não autorizou, nem lhe cabia autorizar, a sua candidatura a qualquer eleição autárquica, independentemente do partido político pelo qual apresentou a candidatura", sublinhou.

O JN perguntou à PSP se aquele profissional mencionou, no seu pedido de licença sem remuneração, se esta se destinaria a candidatar-se à presidência da União de Freguesias de Santa Iria de Azoia, São João da Talha e Bobadela, mas, até à hora de publicação desta notícia, não recebeu qualquer resposta. Tentou igualmente contactar, sem sucesso, o partido Chega.

No Estatuto Profissional do Pessoal com Funções Policiais da PSP, que regula a concessão daquelas licenças, não é explícito se estas têm de ser, ou não, justificada perante os superiores hierárquicos.

PUB

PS, PSD, CDU, BE e IL são outros dos partidos e coligações que já apresentaram publicamente os seus candidatos à presidência da União de Freguesias de Santa Iria da Azoia, São João da Talha e Bobadela.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG