Lisboa

Grávida morre após transporte por falta de vagas na Neonatologia do Santa Maria

Grávida morre após transporte por falta de vagas na Neonatologia do Santa Maria

Uma mulher grávida, de nacionalidade indiana e que estava a passar férias em Portugal, morreu, após sofrer uma paragem cardiorrespiratória, quando estava a ser transferida do Hospital de Santa Maria para o São Francisco Xavier, em Lisboa, por falta de vagas na Neonatologia. A mulher foi sujeita a uma cesariana de urgência, sendo encaminhada para os Cuidados Intensivos onde viria a falecer. O bebé nasceu prematuro e está internado na Neonatologia do Hospital São Francisco Xavier.

A mulher de 34 anos "residente na Índia e recém-chegada a Portugal, com cerca de 30 semanas de gravidez", de acordo com fonte hospitalar do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), recorreu pela primeira vez ao serviço de urgência do Hospital de Santa Maria na terça-feira passada, 23 de agosto, por volta das 2 horas da manhã.

"Após normalização das tensões arteriais e franca melhoria respiratória, foi transferida cerca das 13 horas do mesmo dia para o Hospital São Francisco Xavier, por ausência circunstancial de vagas de Neonatologia no CHULN, acompanhada por um médico e enfermeiros", explica o CHULN numa nota, esta segunda-feira.

PUB

Durante o transporte, a grávida sofreu uma paragem cardiorrespiratória, tendo sido realizada a reanimação na viagem. No Hospital São Francisco Xavier "foi submetida a uma cesariana urgente, tendo o recém-nascido 772 gramas, que foi para a unidade de cuidados intensivos neonatais por prematuridade". A mãe, que ficou internada nos cuidados intensivos, viria a falecer. O bebé continua internado na neonatologia do Hospital São Francisco Xavier.

Na mesma nota, fonte hospitalar precisa que "a equipa de urgência de obstetrícia e ginecologia do CHULN encontrava-se completa". "Importa destacar que a gestão em rede das vagas de Neonatologia é prática corrente há vários anos, sendo o transporte intrauterino de grávidas estabilizadas a prática recomendada por todas as instituições internacionais", apontam.

A administração do hospital vai dar uma conferência de imprensa esta terça-feira, marcada para as 9.30 horas, com a presença dos Diretores de Serviço de Obstetrícia e de Neonatologia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG