Imagens

Últimas

Manuel Molinos

O pior não é a segunda vaga

"Em setembro, vamos ter muitos vidros partidos por aqui. Muita fome e desespero". A antevisão é de uma empresária do ramo da restauração, proprietária de um estabelecimento em Olhos de Água, Albufeira. No ano passado tinha 18 empregados. Este ano tem dois. "Só mantenho o restaurante aberto porque o imóvel é meu. Caso contrário, fazia como os outros: fechava a porta", explicou-me em demorada conversa, já que se contavam os clientes daquela noite pelos dedos de uma só mão.

Manuel Molinos

O Brasil da extremista Sara

Chama-se Sara Winter. É o rosto de um extremismo desprezível, criminoso, fanático. Pior é que anda, por aí, nas redes, a promover o horror e o fascismo, a juntar maníacos e racistas. Sara Winter, principal porta-voz do grupo bolsonarista autodenominado "300 do Brasil" e que gosta de se exibir nas redes de armas nas mãos (fazendo lembrar a personagem Lara Croft, do videojogo Tomb Raider, mas numa versão a roçar o ordinário), já era conhecida por maus motivos. Foi investigada por promover notícias falsas e detida por promover atos antidemocráticos.