Imagens

Últimas

Inês Cardoso

Um retrato do país real

A 2 de junho, na conferência de aniversário do "Jornal de Notícias" que analisava a preparação do território para a transição digital, o presidente da Anacom prometeu fazer uma avaliação de desempenho de serviços móveis e de cobertura no concelho de Miranda do Douro, presente na sessão como exemplo dos desequilíbrios e desigualdades existentes no país. A promessa foi cumprida esta semana e João Cadete de Matos não foge às conclusões: há grandes assimetrias entre povoações, nalgumas aldeias não se consegue sequer fazer chamadas de voz e no acesso à Internet o défice é ainda maior.

Inês Cardoso

Um crivo para mim, outro para ti

Bater nos políticos, como se todos os que ocupam cargos públicos fossem uma massa indistinta e amaldiçoada pelos mesmos vícios, é um exercício fácil, mas demagógico e perigoso. O mais grave é quando a desvalorização dos titulares ou candidatos a esses cargos parte dos próprios políticos. Como aconteceu com o secretário-geral e coordenador autárquico do PSD, metendo os pés pelas mãos ao alegar que o crivo para escolher um autarca é mais largo do que para escolher um deputado.

Inês Cardoso

Portugal não é Lisboa

A frase é muitas vezes usada popularmente, mas nas declarações de Marcelo Rebelo de Sousa adquire significado político. "Portugal não é Lisboa", afirmou o presidente da República no dia da posse para o seu segundo mandato. Num conjunto de iniciativas agendadas entre as duas maiores cidades do país, o chefe do Estado multiplicou-se em apelos à unidade - territorial, social, religiosa, na diversidade de origens de cada uma das pessoas que vive em Portugal.