Imagens

Últimas

Opinião

Só eles sabem porque não ficam em causa

Há dias, numa magnífica entrevista ao jornalista Sérgio Pires, o escritor Álvaro Magalhães dissecou com mestria as peculiaridades da tribo do futebol. Detive-me numa passagem: "Porque é que a gente gosta disso (do futebol)? Porque nos anima. Porque nos dá vida. Vida anímica, irracional, inconsciente. E nós precisamos disso. Falta-nos esse território quase animal. Somos criaturas civilizadas, mas temos também uma zona animal, que alimentamos através do futebol".

Opinião

Porto sentido

Com mais ou menos requinte, são infindáveis os epitáfios já escritos dedicados ao modelo social europeu. A Europa tem muitas falhas endémicas, mas continua a ser o mais perfeito de entre os imperfeitos projetos de integração social e civilizacional do Mundo. De resto, parte considerável da sua inércia tem que ver precisamente com as hesitações naturais de um bloco político formado por culturas, línguas, economias, personalidades e conceitos democráticos diversos. São demasiadas vozes a tentar fazer-se ouvir numa sala onde todos ecoam.