Imagens

Últimas

Fernando Calado Rodrigues

Papa a descongelar o Vaticano II

A Igreja Católica tem vindo a redescobrir a importância da Palavra de Deus. Até ao Concílio Vaticano II, esta era uma marca distintiva dos protestantes: a centralidade dada ao livro sagrado dos cristãos e a preocupação que este fosse conhecido por todos. Foram eles que promoveram a sua tradução e fizeram com que fosse amplamente divulgada graças à invenção de Gutenberg, a imprensa. Deve-se a esse movimento protestante a primeira tradução da Bíblia em português. É a iniciada por João Ferreira de Almeida, concluída em 1748.

Fernando Calado Rodrigues

Consumo e laicismo escondem o Presépio

Nesta sociedade de consumo celebra-se o Natal, mas esconde-se o Presépio. Como um Deus nascido pobremente em Belém pode incomodar, prefere-se a árvore de Natal e as luzes que dela saltam para iluminar ruas, praças e edifícios. Substitui-se o Menino Jesus pelo Pai Natal, uma figura imposta por uma marca de refrigerantes. S. Nicolau, esse, o santo bispo que, disfarçado, dava presentes aos meninos mais pobres na noite de Natal, foi remetido para esquecimento.

Fernando Calado Rodrigues

Apreensão pela nomeação do novo núncio

São, no mínimo, preocupantes as reações à nomeação do novo núncio apostólico - uma espécie de embaixador da Santa Sé - para Portugal. Ivo Sacapolo foi até agora núncio apostólico do Chile. Ficou associado ao escândalo do encobrimento dos abusos sexuais de menores naquele país, tendo sido criticado por indigitar bispos ligados a Fernando Karadima, um sacerdote entretanto condenado por abusos e impedido de exercer o sacerdócio.